Prefeitura de Boa Vista divulga nota de repúdio às agressões sofridas por Teresa e assessores

RORAIMA | Além de dar explicações mais detalhadas do ocorrido durante o programa de rádio, a prefeitura também divulgou uma nota de repúdio aonde afirma que o parlamentar “não agrediu apenas a prefeita e cidadã Teresa Surita. Feriu a democracia.

27/10/2018 13:04

Comunicar Erro

RORAIMA | Na noite desta sexta-feira (26), horas depois de ter sofrido agressão verbal, e a sua equipe, agressão física, protagonizada pelo presidente da Assembleia Legislativa, Jalser Renier (SD), em uma rádio FM da capital de Roraima, a Prefeita de Boa Vista Teresa Surita (MDB) convocou a imprensa para informar que irá acionar judicialmente o deputado Estadual e que já havia registrado o fato em um Boletim de Ocorrência na Polícia Federal.

Jalser parte para agressão física durante entrevista de Teresa à Rádio

Na coletiva, Teresa confirmou que a motivação de Jalser está ligada ao 2o turno das eleições para governador, que acontecem neste domingo (28). Jalser exige mais apoio da prefeita à candidatura do tucano nesta reta final de campanha.”Eu coloquei a minha opinião e sobre minha escolha. Eu não citei o nome do deputado em nenhum momento” ressaltou Surita que lembrou também que durante a entrevista na rádio falou apenas das questões estruturais da cidade e que em nenhum momento pediu voto para ninguém.

Jalser e Teresa estiveram juntos no primeiro turno das eleições em apoio ao ex-governador Anchieta Jr (PSDB), que começou a disputa como favorito mas terminou a apuração do 1o. turno em 2o lugar e agora aparece em situação difícil nas principais pesquisas de intenção de votos dessa fase da disputa.

RORAIMA: Denarium tem 62% dos votos válidos e Anchieta 38%

Mas, briga entre as duas lideranças não é recente e teria se acentuado ainda na pré-campanha quando a prefeita de Boa Vista era tida como franca favorita à vaga, chegando a anunciar sua candidatura.

Teresa lança oficialmente pré-candidatura ao Governo de RR

Um mês depois, uma composição articulada pelo presidente da ALERR a teria feito desistir da disputa, em favor do indicado por Jalser Renier.

Teresa Surita desiste de concorrer ao Governo de Roraima em outubro

Em um evento articulado pelo senador Romero Jucá, a prefeita chegou a participar do lançamento da pré-candidatura mas não conseguiu esconder a frustração de não ser mais a candidata.

Jucá e Anchieta oficializam aliança com participação de Teresa

Além de dar explicações mais detalhadas do ocorrido durante o programa de rádio, a prefeitura também divulgou uma nota de repúdio aonde afirma que o parlamentar “não agrediu apenas a prefeita e cidadã Teresa Surita. Feriu a democracia, fomentando agitação política’ confira a mensagem na íntegra:

 

NOTA DE REPÚDIO

A Prefeitura de Boa Vista repudia veementemente a agressão cometida, por motivações políticas, pelo deputado Jalser Renier contra a prefeita Teresa Surita.

O deputado invadiu o estúdio da Rádio Equatorial FM quando a Prefeita concedia entrevista na tarde de ontem, dia 26 de outubro. Em resposta, Teresa Surita denunciou formalmente a agressão sofrida e está tomando todas as medidas legais para que Jalser Renier seja punido criminalmente.

Jalser Renier não agrediu apenas a prefeita e cidadã Teresa Surita. Feriu a democracia, fomentando agitação política no momento em que a chefe do executivo apresentava, ao vivo, informações relevantes para a população de Boa Vista.

Feriu o decoro parlamentar, por uma atitude que não está à altura do cargo de Deputado Estadual, concedido a ele pela soberania do voto popular. E feriu a imagem da Assembleia Legislativa de Roraima, à qual ele deveria honrar como Presidente em exercício.

Aguardamos a decisão da justiça diante deste lamentável episódio e reiteramos o compromisso de nossa gestão com o diálogo aberto com a sociedade, com responsabilidade, respeito e transparência.