Pedido de impugnação em eleição para governo de Roraima é falso

RORAIMA | Notícia “falsa” afirmava que um suposto documento com o pedido já estaria pronto e seria assinado por dois procuradores da República. MP Eleitoral vai abrir procedimento para identificar e responsabilizar autores

28/10/2018 16:46

Comunicar Erro

RORAIMA | O Ministério Público Eleitoral em Roraima esclarece que é falso o documento que aponta os procuradores da República Érico Gomes de Souza e Rodrigo Mark Freitas como signatários de um pedido de impugnação da candidatura de Antônio Denarium, do Partido Social Liberal (PSL), ao governo do estado. A imagem circula desde sábado (27) em redes sociais.

O documento simula uma ação que teria sido iniciada pelos procuradores eleitorais titular e substituto em razão de uma suposta condenação transitada em julgado por compra de votos e recebimento de contribuições ilegais para a campanha, prática conhecida como caixa dois.

O MP Eleitoral informa que vai instaurar, neste domingo (28), procedimento para investigar a origem do documento falso e tomará as devidas medidas legais para a responsabilização dos autores.