TJAM prorroga suspensão do retorno gradual de atividades presenciais até abril

Medida assinada pelo presidente do TJAM, desembargador Domingos Chalub, tem como objetivo reduzir contatos entre as pessoas para evitar a contaminação pelo vírus da Covid-19

Manaus | AM | Com informações da assessoria de imprensa

O presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), desembargador Domingos Chalub, prorrogou até 2 de abril de 2021, por meio da Portaria n. 340, de 25 de fevereiro de 2021, a suspensão do protocolo de retorno gradual das atividades presenciais no âmbito das unidades do TJAM, prevista nas Portarias n. 02/2021 e n. 150/2021.

A nova portaria foi disponibilizada no Diário da Justiça Eletrônico, desta sexta-feira (26), na página 4 do Caderno Administrativo, e leva em consideração “que os índices de contaminação pela covid-19, no estado do Amazonas, continuam em escalada crescente, de acordo com os dados publicados no portal da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas”.

O documento também observa que é dever de todos os poderes contribuir para impedir a disseminação do vírus e adotar todas as medidas administrativas com o objetivo de evitar o colapso do sistema de saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Covid-19: liminar garante imunização de adolescentes por estados, municípios e DF

Deputados comentam discurso de Bolsonaro na Assembleia-Geral da ONU

David Reis publica suspensão do edital de construção do 'puxadinho' por determinação da Justiça