TCE-AM se reúne com a Prefeitura de Manaus e a Fundação Doimo para tratar sobre a reestruturação da 1ª sede da Corte de Contas

A primeira sede do TCE-AM funcionará como um laboratório histórico, apresentando o passado da Corte de Contas, estudando as atuais funcionalidades do tribunal e dando artifícios para a sociedade futura entender o papel do órgão no Estado

Manaus | AM | Com informações da assessoria de imprensa

O presidente do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), conselheiro Mario de Mello, se reuniu com membros da Prefeitura de Manaus e integrantes da Fundação Doimo, na manhã desta quinta-feira (2), para tratar sobre a reestruturação do complexo Booth Line, região onde está localizada a primeira sede da Corte de Contas.

A expectativa é que no dia 14 de setembro o projeto seja oficialmente apresentado junto com as datas de obras e inauguração. “Indiscutivelmente é um presente para o tribunal e para o Amazonas, estamos muito felizes com essa iniciativa. Um projeto de anos e que vemos de forma muito positiva ele encaminhar para ser concretizado”, disse o conselheiro-presidente do TCE-AM.

O projeto foi apresentado por membros da Fundação Doimo, entidade de desenvolvimento econômico e social que está conduzindo a reestruturação do complexo Booth Line. O objetivo da fundação é expandir o turismo na região com enfoque na valorização da cultura e economia regional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Covid-19: liminar garante imunização de adolescentes por estados, municípios e DF

Deputados comentam discurso de Bolsonaro na Assembleia-Geral da ONU

David Reis publica suspensão do edital de construção do 'puxadinho' por determinação da Justiça