TCE-AM multa ex-presidente da Câmara de Manaquiri em R$ 74,4 mil

O relator do processo, auditor Mário Filho, identificou que o gestor não deu justificações para a inexistência de relatórios, auditorias e inspeções

Manaus | AM | Com informações da assessoria de imprensa

O ex-presidente da Câmara Municipal de Manaquiri, vereador Antonio Silva de Holanda, foi multado em R$ 74,4 mil pelo Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), nesta terça-feira (20), por irregularidades no exercício financeiro de 2017.

O relator do processo, auditor Mário Filho, após avaliar a análise feita pelos órgãos técnicos do TCE-AM, identificou que o gestor não deu justificações plausíveis para a inexistência de relatórios, auditorias e inspeções necessárias para avaliar a efetiva atuação da administração.

O então presidente da Câmara de Manaquiri também foi responsabilizado por nomear, de forma irregular, servidor sem formação acadêmica para cargo superior; não apresentar de atas das sessões legislativas e não descontar ausências injustificadas de vereadores do legislativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tony Medeiros se irrita com colegas e pede para vice da ALEAM encerrar sessão

Licenciamento para mercado de gás natural proporciona geração de renda e emprego no Amazonas

Estados e municípios tiveram superávit de R$ 42,9 bilhões em 2020, o maior da série histórica