‘Sou ministro da Saúde e não censor do presidente da República’, diz Marcelo Queiroga

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, retornou à CPI da Pandemia, nesta terça-feira (8), após nova convocação

Manaus | AM

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que voltou à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, nesta terça-feira (8), disse que recomenda distanciamento social para todos, mas não lhe cabe julgar comportamentos de Jair Bolsonaro.

“Sou ministro da Saúde e não censor do presidente da República”, frisou Queiroga, ao ser questionado pelos membros da CPI da Pandemia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marcellus Campêlo nega que rede de saúde do Amazonas faça uso do tratamento precoce

Plínio Valério afirma que votará contra a privatização da Petrobras

Premiê britânico, Boris Johnson, adia relaxamento de lockdown em um mês