Sem voto em trânsito, eleitor deve justificar ausência

Os eleitores que estiverem foram de suas cidades, têm como única opção justificar sua ausência no prazo de até 60 dias

Manaus | AM

O voto em trânsito costuma ser lembrado como opção por quem, por motivos diversos, sabe que não vai conseguir comparecer a sua zona eleitoral no dia da votação. Essa modalidade de voto, contudo, somente está disponível nas eleições gerais, para presidente e governador, por exemplo.

Por essa razão, todos que estiverem fora de seu domicílio no dia das eleições municipais deste ano, seja no primeiro turno (15 de novembro) ou no segundo (29 de novembro), têm como única opção justificar sua ausência no prazo de até 60 dias.

Mesmo o brasileiro residente no exterior que consegue se inscrever para votar para presidente, em alguma das sessões montadas a cada quatro anos fora do país, de nenhuma maneira consegue participar das eleições municipais, sendo dispensado inclusive de se justificar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Covid-19: liminar garante imunização de adolescentes por estados, municípios e DF

Deputados comentam discurso de Bolsonaro na Assembleia-Geral da ONU

David Reis publica suspensão do edital de construção do 'puxadinho' por determinação da Justiça