Regime integral de teletrabalho no MPF no Amazonas é prorrogado até 14 de março

A portaria foi publicada, nesta terça-feira (24), e dá continuidade na adoção de medidas de prevenção ao contágio de Covid-19

Manaus | AM | Com informações da assessoria de imprensa

Diante do atual estado de calamidade pública decorrente da pandemia da Covid-19, o Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas prorrogou o período de regime integral de trabalho remoto até  o dia 14 de março, por meio da Portaria n. 31, de 23 de fevereiro de 2021.

Membros, servidores e estagiários do MPF no Estado continuarão prestando serviços por meio de teletrabalho, da mesma forma que ocorreu do início da pandemia, em março de 2020, até a retomada gradual do trabalho presencial. Já os profissionais terceirizados serão dispensados, sem prejuízo do pagamento dos contratos por parte da administração.

A necessidade de prorrogar o período de suspensão do retorno gradual de atividades presenciais nas procuradorias no estado se dá com o intuito de dar continuidade na adoção de mecanismos de prevenção ao contágio pelo novo coronavírus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conselho Nacional de Secretários de Administração debate reforma administrativa e modelos de governança

Roberto Cidade aciona o Dnit para recuperar trecho da BR-319 que rompeu

Ministro Barroso reitera proibição de entrada em terras indígenas de povos isolados, inclusive de missões religiosas