Randolfe Rodrigues diz que vai pedir prisão preventiva de Marconny Faria, caso não compareça à CPI da Pandemia

A informação foi confirmada na manhã desta quinta-feira (2), pelo vice-presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, senador Randolfe Rodrigues

Manaus | AM

O vice-presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, senador Randolfe Rodrigues (Rede), anunciou nesta quinta-feira (2) que ainda não há garantia da presença do advogado e possível lobista Marconny Faria à CPI.

O senador afirmou, ainda, que poderá pedir a prisão dele caso não haja o comparecimento à comissão. Nesta quarta-feira (1º), Rodrigues, o vice-presidente da CPI comunicou que houve a solicitação para que a polícia do Senado conduza Marconny para depoimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Portugal reconhece certificados de vacinação emitidos pelo Brasil

Governo federal cria programa para expandir telecomunicações na Amazônia

Cartórios eleitorais do interior do AM voltam a atender presencialmente