Empresário da comunicação aconselha a não cumprir o decreto governamental

Manaus-AM | Por: Redação

Um empresário do ramo da comunicação, por meio de áudio vazado de grupo de ‘whatsapp’, no qual ele trata sobre a continuidade do trabalho em suas empresas nesse período onde o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), decretou um fechamento parcial do comércio e também adicionou um ‘toque de recolher’, o empresário Durango Duarte aconselha os seus colaboradores a não cumprir o decreto.

Durango tem grandes contratos tanto com o  Governo quanto na Prefeitura.

No áudio vazado que circula na internet, ele inclusive aconselha as pessoas a esconderem seus carros, não na frente de sua empresa e sim em ruas ou estacionamentos próximos. “Todo mundo vai pra empresa amanhã, se alguém for preso eu vou soltar e esse decreto (se referindo ao ‘lockdown’) ninguém vai cumprir. Ok?”, disse o empresário.

A medida que Durango quer tomar em meio ao decreto de Wilson Lima, segundo ele, é de que sua empresa estaria com bastante demandas então seria necessário a presença da maioria dos colaboradores que estariam já trabalhando em formato de ‘home office’.

 

 

Uma resposta

  1. Um babaca egoista que só visa o interesse proprio o bem estar dos outros pouco importa pois enquanto não acontecer com ele ta tudo bem
    Como ja diz o dito popular”pimenta no dos outros é refeesco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PL quer impedir que mesmo juiz seja relator de inquérito e da ação penal

Deputada Alessandra Campêlo intermedeia retorno de academias no AM

Almoço em Brasília confirma movimento de PSL em direção a Eduardo Braga