Presidente do Haiti é assassinado em casa durante a noite, diz premiê

O primeiro-ministro interino do Haiti, Claude Joseph, descreveu o atentado como "um ato desumano e bárbaro"

Manaus | AM | Agência Brasil

O presidente do Haiti, Jovenal Moise, foi assassinado a tiros por agressores não identificados em sua residência durante a noite, em “um ato desumano e bárbaro”, disse o primeiro-ministro interino do país, Claude Joseph, nesta quarta-feira (7).

A esposa de Moise foi ferida e estava recebendo atendimento médico, informou Joseph em comunicado. O ataque ocorre em meio ao crescimento da violência política na empobrecida nação caribenha.

Com o Haiti dividido politicamente e enfrentando crescente crise humanitária e desabastecimento de alimentos, há temores da disseminação da desordem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Wilson Lima modifica cinco secretários, nesta terça-feira; confira os nomes

CPI pede afastamento de Mayra Pinheiro e quebra sigilos de Ricardo Barros

Lira espera votar Reforma Administrativa até o final de agosto