Premiê britânico, Boris Johnson, adia relaxamento de lockdown em um mês

Boris Johnson esperava descartar a maioria das restrições no dia 21 de junho, quando pubs, restaurantes, clubes noturnos e outros estabelecimentos poderiam reabrir totalmente

Manaus | AM | Agência Brasil

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, adiou em um mês os planos de suspender as restrições do lockdown por causa da pandemia da Covid-19. Ele alertou que a variante Delta, mais infecciosa, poderia matar mais milhares de pessoas se ele não fizesse nada.

No estágio final de um plano delineado em fevereiro, Johnson esperava descartar a maioria das restrições no dia 21 de junho, quando pubs, restaurantes, clubes noturnos e outros estabelecimentos poderiam reabrir totalmente. A medida muito aguardada foi adiada para 19 de julho.

O tempo adicional será usado para acelerar o programa de vacinação britânico – um dos mais adiantados do mundo – encurtando de 12 para oito semanas o tempo recomendado entre doses para pessoas de mais de 40 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Secretário de Segurança Pública pede afastamento do cargo para tratamento de saúde

Tribunal inaugura ‘Cejusc Família’ para atender as zonas Leste e Norte de Manaus

CPI retorna com depoimento do reverendo Amilton e espera dono da Precisa