Prefeita de Ipixuna é multada em R$ 425 mil

A prefeita de Ipixuna, Maria do Socorro Oliveira, terá o prazo de 30 dias para quitar o valor da multa ou recorrer da decisão

Manaus | AM | Com informações da assessoria de imprensa

A prefeita de Ipixuna, Maria do Socorro Oliveira, teve as contas do exercício financeiro de 2017 julgadas irregulares e foi condenada a devolver aproximadamente R$ 425 mil (entre multa e alcance) pelo Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), nesta terça-feira, durante a 2ª sessão ordinária do Tribunal Pleno.

Entre as improbidades apontadas pelo relator do processo, auditor Alípio Filho, estão a não publicação dos Relatórios de Gestão Fiscal, conforme o estabelecido por lei; ausência de informações no Portal de Transparência referente às receitas, despesas, processos licitatórios e outros; ausência de laudos e vistorias nas obras contratadas pelo município.

A gestora terá o prazo de 30 dias para quitar o valor da multa ou recorrer da decisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deputada Mayara Pinheiro cobra criação de consórcio para aquisição direta de vacinas contra Covid-19

Deputado João Luiz apresenta Projeto de Lei que cria a 'Cesta Básica Popular no Amazonas'

Comissão de Indústria da Câmara quer derrubada de resolução que afeta polo de duas rodas