Parlamentares reagem à ameaça de Bolsonaro contra a ZFM

Manaus-AM- Parlamentares da bancada federal do Amazonas reagiram às declarações do Presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), classificadas como ameaçadoreas à Zona Franca de Manaus (ZFM).

O deputado federal Marcelo Ramos (PL-AM) disse que, a fala do presidente, que seria para atingir o senador Omar Aziz (PSD-AM), presidente da CPI da Pandemia, e o senador Eduardo Braga, membro titular da comissão parlamentar de inquérito, ameaça a economia do Amazonas e os empregos de sua população.

“Eu prefiro imaginar a ZFM sem o Paulo Guedes! Quando o presidente ameaça a ZFM, ele não ameaça os senadores Omar e Braga, ele ameaça o emprego de milhares de amazonenses, os negócios das empresas que investem em Manaus, a receita de impostos estaduais que pagam saúde e educação.”, declarou Marcelo Ramos em publicação nas redes sociais.

Para Ramos, o presidente age em “desespero”.

O senador Omar Aziz defendeu respeito aos amazonenses que dependem do Polo Industrial de Manaus, amparado por lei.

“O Presidente pode ameaçar a mim, ao Eduardo, mas ao ameaçar a Zona Franca de Manaus o negócio é mais embaixo. É preciso respeitar os amazonenses, porque ele não pode ameaçar algo que é garantido por lei, que assegura o sustento e a vida de tantos amazonenses.”, escreveu Omar no Twitter.

Declarações 

Em live na noite desta quinta-feira (20), o presidente Bolsonara disse: “Imagine Manaus sem a Zona Franca, hein, senador Aziz. Você que fala tanto na CPI, senador Eduardo Braga, imagine aí o estado, ou Manaus, sem a Zona Franca.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Terra nega ‘gabinete paralelo’ e diz que STF ‘limitou’ Bolsonaro; senadores reagem

Capitão Carpê propõe PL que autoriza Guarda Municipal a fazer patrulhamento preventivo

Projeto de Lei prevê garantia de vagas a PCDs em cargos comissionados