Orsine Júnior deixa presidência do PMN e afirma que está em tratativas com outros partidos

O empresário Orsine Júnior ficou 1 ano e meio no comando estadual do Partido da Mobilização Nacional (PMN) e, agora, solicitou sua desfiliação

Manaus | AM

O empresário Orsine Júnior informou ao site O PODER que está “conversando com outros partidos”. Nesta quinta-feira (5), ele anunciou que solicitou junto ao Partido da Mobilização Nacional (PMN) sua desfiliação. Ele ficou a frente da presidência estadual do PMN durante 1 ano e meio.

Ao ser questionado para qual partido migraria, Orsine Júnior respondeu: “Em breve veremos sobre o tema”. Como contribuição política ao partido, o empresário garantiu o desenvolvimento da sigla composto pela eleição de uma forte bancada na Câmara Municipal de Manaus (CMM), formada por três vereadores, uma legenda partidária com aproximadamente 50 mil votos, reativou 18 diretórios municipais do interior do Estado e entrega o partido com mais de 5 mil filiados.

“Fizemos um excelente trabalho de mobilização e reestruturação do partido. Pegamos uma sigla totalmente desestruturada, sem nenhuma representatividade na Câmara Municipal e hoje, o deixamos com uma bancada composta por três vereadores”, afirmou ele, desejando sucesso e êxito nesta nova jornada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Portugal reconhece certificados de vacinação emitidos pelo Brasil

Governo federal cria programa para expandir telecomunicações na Amazônia

Cartórios eleitorais do interior do AM voltam a atender presencialmente