MPF prorroga até 15 de julho regime integral de teletrabalho no Amazonas

O objetivo do MPF é prevenir o contágio e a disseminação do novo coronavírus diante do estado de calamidade pública causado pela pandemia

Manaus | AM | Com informações da assessoria de imprensa

O Ministério Público Federal (MPF) prorrogou, até o dia 15 de julho, o regime de trabalho remoto no Amazonas e suspendeu o retorno gradual às atividades presenciais na unidade.

A medida considera a continuidade do estado de calamidade pública decorrente da pandemia de Covid-19 no Estado e tem como objetivo prevenir o contágio e a disseminação do coronavírus.

Caso necessário, os cidadãos deverão utilizar os meios eletrônicos para acessar os serviços do MPF, como protocolo de documentos, consultas a andamentos de procedimentos ou envio de representações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MPF no Amazonas prorroga regime integral de teletrabalho até 31 de agosto

Rosa Weber mantém Hugo Levy afastado do cargo de juiz do TJAM

Carlinhos Bessa agradece Wilson Lima por CETI de Tefé