MPE é contra recurso que pede suspensão de cassação de ex-prefeito de Coari

A candidatura de Adail Filho, que venceu no primeiro turno das Eleições 2020, foi cassada em dezembro e uma nova votação foi determinada

Manaus | AM

O Ministério Público Eleitoral (MPE) deu parecer contrário, nesta quarta-feira (24), ao recurso apresentado pelo ex-prefeito de Coari, Adail Filho. De acordo com o vice-procurador-geral eleitoral, Renato Brill Góes, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) agiu corretamente ao indeferir o registro de candidatura de Adail.

A candidatura do ex-prefeito, juntamente com a seu vice, Keitton Pinheiro, foi cassada, em dezembro de 2020, após a vitória deles em primeiro turno, e novas eleições foram determinadas. Sem aceitar a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), Adail tentou recorrer ao TSE, onde o processo segue em análise.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conselho Nacional de Secretários de Administração debate reforma administrativa e modelos de governança

Roberto Cidade aciona o Dnit para recuperar trecho da BR-319 que rompeu

Ministro Barroso reitera proibição de entrada em terras indígenas de povos isolados, inclusive de missões religiosas