MP-AM suspende trabalho presencial até 31 de Janeiro

O ato visa resguardar membros do órgão frente à pandemia causada pelo novo coronavírus, bem como todo o público externo atendido, diariamente, pelo MP-AM

Manaus | AM | Com informações da assessoria

O Ministério Público do Amazonas (MP-AM), em ato assinado pelo procurador-geral de Justiça, Alberto Rodrigues do Nascimento Júnior, suspendeu toda sua atividade presencial e instituiu como preferencial o trabalho remoto a todos os membros, servidores, estagiários e demais colaboradores do órgão, pelo período de 7 de janeiro até 31 de janeiro, em todas as suas unidades da capital e do interior.

A medida foi tomada, entre outros itens, considerando as informações do atual cenário da pandemia de Covid-19 vivido na capital amazonense, levando em conta que nos últimos dias, a tendência média é crescente, e indica que a dinâmica deve ser oposta ao arrefecimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prefeito nega irregularidade na vacinação contra a Covid-19 em Manaus

David diz que dificuldade de acesso agrava crise sanitária em Manaus

Por falta de quórum, Aleam não suspende recesso parlamentar para discutir caos na saúde no AM