Morre o ex-procurador-geral do MP-AM, Francisco Cruz, vítima da Covid-19

Francisco Cruz era natural de Humaitá e ingressou no Ministério Público do Amazonas na década de 1980, atuou como promotor e alcançou o cargo de procurador geral.

Manaus | AM

Morreu nesta segunda-feira (15), o ex-procurador-geral de justiça do Ministério Público do Amazonas (MP-AM), Francisco Cruz, vítima da Covid-19.

‘Chicão’, como era carinhosamente chamado, estava internado em uma unidade de saúde da rede particular de Manaus há cerca de um mês, mas não resistiu às complicações da doença.

Natural do município de Humaitá, Francisco ingressou no Ministério Público do Amazonas na década de 1980, atuou como promotor e alcançou o cargo de procurador geral.

Ele também atuou nas comarcas de São Gabriel da Cachoeira e Parintins, além de ter exercido o cargo de procurador-geral adjunto de Manaus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Em 2020, Arthur Neto gastou R$191 milhões em publicidade, aponta vereador Lissandro Breval

Dermilson Chagas denuncia guarita de meio milhão construída sem licitação por Amazonino Mendes

'Sem saúde, não há economia', diz Paulo Guedes sobre vacinação em massa