MP vai acompanhar imunização de grávidas e puérperas contra Covid-19, em Manaus

Manaus-AM-  O Ministério Público do Amazonas (MP-AM) instaurou um procedimento administrativo para acompanhar o processo de vacinação para imunização de grávidas e puérperas (até 45 dias após o parto) contra a Covid-19, em Manaus.

Assinado pela promotora Cláudia Maria Raposo da Câmara, da 54ª Promotoria de Justiça Especializada na Defesa dos Direitos Humanos à Saúde Pública, o documento foi publicado no Diário Oficial do MP-AM, nesta segunda-feira (24).

A promotora considerou a notícia publicada no portal da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), no dia 9 de maio deste ano, a qual informa o início do processo de imunização de gestantes e puérperas contra a Covid-19.

O processo administrativo tem o objetivo de acompanhar o processo de vacinação para o público alvo em questão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Biden faz apelo por vacinação; EUA não devem cumprir meta

'Precisarão ser bem treinadas e bem qualificadas', diz Belarmino Lins sobre Guardas Municipais armadas

Câmara realiza sessão, na segunda-feira, para votar MP da Eletrobras