Ministério Público abre inquérito para apurar ‘fura fila’ na vacinação contra Covid-19, em Parintins

Manaus-AM | Por: Redação

Nesta terça-feira (26), o Ministério Público abriu inquérito para apurar as pessoas que estão ‘furando a fila’ da vacinação do grupo de pessoas que são prioridades neste inicio de campanha em Parintins. Essas que não são consideradas pessoas da área da Saúde ou aquelas que são do grupo de risco ou que estejam acamadas e precisam ser imunizadas.

Segundo a promotora de Justiça, Marina Campos Maciel, desde o momento em que as denúncias foram formalizadas e o Ministério Público tomou conhecimento da prática ilegal que estava acontecendo no município de Parintins, foi instaurando um procedimento de investigação específico conforme os nomes que foram citados em denuncias ao MP.

“Pedimos uma recomendação para que a prefeitura de Parintins, observe todos os critérios anunciados pelo Ministério da Saúde sobre o grupo prioritário das vacinas”, disse a promotora.

Ainda segundo a promotora, foi feita uma reunião do MP com o secretário da prefeitura da de Parintins, um dia depois da chegada das vacinas no município e foi constatado que já uma parcela das doses já haviam sido aplicadas, e o MP pediu para que as novas doses aplicadas fossem feitas de forma rigorosa a distribuição entre as categorias sem privilegiar ninguém.

“Nós também pedimos a lista nominal de pessoas vacinadas, isso quer dizer, que toda as identificação dessa pessoa deve constar em lista, nome, cpf, cargo, pois esse procedimento está sendo tomado em todo o país”, finalizou Marina Campos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deputada Mayara Pinheiro cobra criação de consórcio para aquisição direta de vacinas contra Covid-19

Deputado João Luiz apresenta Projeto de Lei que cria a 'Cesta Básica Popular no Amazonas'

Comissão de Indústria da Câmara quer derrubada de resolução que afeta polo de duas rodas