Marcelo Ramos diz que adiamento do Enem no Amazonas era inevitável

O deputado federal Marcelo Ramos mobilizou bancada do Amazonas e reforçou luta do vereador Amom Mandel

Manaus | AM

O deputado federal Marcelo Ramos, que subscreveu a ação cautelar ingressada pelo vereador Amom Mandel, que solicitava o adiamento das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no Amazonas, disse entender que o adiamento evita uma catástrofe ainda maior e que tal ato era inevitável.

Justiça Federal aceita pedido de vereador Amom Mandel e suspende Enem no Amazonas

“Prevaleceu o bom sendo por parte da Justiça, ao deferir a ação do vereador Amom. Agora, trabalharemos para confirmar a realização na data da replicação da prova, dias 23 e 24 de fevereiro”, revela Ramos.

Segundo o deputado amazonense, que também está intercedendo junto a deputados federais, secretarias de Saúde e ao Ministério da Educação para que o adiamento se mantenha e nova data seja marcada, a união de esforços visa a garantir segurança sanitária para que os estudantes façam a prova sem colocar em risco a própria saúde e de seus familiares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Portugal reconhece certificados de vacinação emitidos pelo Brasil

Governo federal cria programa para expandir telecomunicações na Amazônia

Cartórios eleitorais do interior do AM voltam a atender presencialmente