Justiça Eleitoral indefere candidatura de Antônio Peixoto, em Itacoatiara

Na sentença, proferida nesta quarta-feira (4), o magistrado afirma a condenação de Antônio Peixoto, no TCU, por irregularidades na aplicação de recursos federais da Educação, no ano de 2009

Manaus | AM | Com informações da assessoria de imprensa

O juiz Saulo Goes Pinto, da 3ª Zona Eleitoral de Itacoatiara, acatou a Ação de Impugnação de Registro de Candidatura, movida pelo Ministério Público Eleitoral (MP Eleitoral), representado pela promotora eleitoral Tânia Feitosa, e indeferiu o registro de candidatura do prefeito de Itacoatiara, Antônio Peixoto (PT), que tenta disputar a reeleição. O juiz eleitoral também determinou que Peixoto fique inelegível 8 oito anos.

Na sentença, proferida nesta quarta-feira (4), o magistrado afirma a condenação de Peixoto, no Tribunal de Contas da União (TCU), por irregularidades na aplicação de recursos federais da Educação, no ano de 2009, e considera “insanável”.

O prefeito de Itacoatiara ainda pode recorrer ao Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM). No entanto, está proibido de fazer campanha eleitoral.

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Portugal reconhece certificados de vacinação emitidos pelo Brasil

Governo federal cria programa para expandir telecomunicações na Amazônia

Cartórios eleitorais do interior do AM voltam a atender presencialmente