José Melo e Edilene Oliveira sem tornozeleira eletrônica

O ex-governador José Melo e sua mulher, Edilene Oliveira, conseguiram na Justiça a liberação do uso das tornozeleiras eletrônicas

Manaus | AM

Nesta quarta-feira (2), o ex-governador do Amazonas, José Melo, e sua mulher, Edilene Oliveira, conseguiram na Justiça a liberação do uso das tornozeleiras eletrônicas. Ambos foram presos, em 2017, durante desdobramento da operação ‘Maus Caminhos’, e que investiga desvio de verbas da Saúde do Amazonas.

De acordo com a juíza Patrícia Macêdo de Campos, ambos são idosos e estão “há um longo período de tempo” com o monitoramento eletrônico, sendo que o processo ainda não entrou na fase de instrução iniciada.

Melo e Edilene estiveram, nesta quarta, no Centro de Operações e Controle (COC), conforme informações da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), e ambos responderão em liberdade provisória.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

'O gol mais bonito da história de Manaus', diz juíza federal sobre campanha de vacinação que usa Arena da Amazônia

Wilson Lima anuncia marca de 100 mil vacinados em menos de 28 horas da campanha

Após ideia de David Almeida, parlamentares defendem Guardas Municipais armadas no Amazonas