Governo do AM decreta situação de emergência em Juruá por conta da cheia

De acordo com o Serviço Geológico do Brasil, a estimativa é que, em 2021, a cheia dos rios do Amazonas atinja a cota máxima de 29,45 metros no Porto de Manaus

Manaus | AM

O governador do Amazonas, Wilson Lima, decretou, nesta segunda-feira (12), situação de emergência no município de Juruá, por conta da cheia dos rios. O decreto terá validade de 180 dias.

Segundo o documento, a elevação contínua do Rio Juruá e seus afluentes tem ocasionado inundações em bairros periféricos, atingindo, também, ribeirinhos, comunidades rurais e indígenas.

Além de Juruá, outros municípios do Amazonas também já decretaram situação de emergência por conta da cheia dos rios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Intermediações de Wajngarten com a Pfizer voltam a ser questionadas na CPI

AGU entra com habeas corpus para Pazuello ficar em silêncio na CPI da Covid

Pfizer confirma: governo federal não respondeu ofertas feitas em agosto