Governo decreta situação de emergência em Novo Aripuanã em decorrência da cheia

O decreto n. 43.917, envolvendo a situação do município de Novo Aripuanã, foi publicado na última sexta-feira (21), no Diário Oficial do Estado (DOE)

Manaus | AM

O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), decretou situação de emergência em Novo Aripuanã, devido à elevação contínua dos rios Madeira e Aripuanã, na Calha do Madeira. O decreto tem vigência de 90 dias, podendo ser prorrogado por mais 90 dias.

O decreto n. 43.917 foi publicado na última sexta-feira (21), no Diário Oficial do Estado (DOE). O governador homologou, por meio do documento, a situação de emergência no município, que encontra-se com inundações em bairros periféricos e ribeirinhos, bem como nas comunidades rurais e indígenas.

Foram consideradas as áreas contidas no Formulário de Informações do Desastre (Fide), classificada e codificada como Inundação. O município entrou em situação de emergência devido à elevação dos rios Madeira e Aripuanã, que ficam na Calha do Madeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MP ajuíza ação contra prefeita de Coari por improbidade administrativa

Sistema penitenciário é “tragédia humanitária”, diz Gilmar Mendes

Reunião na CMM deve discutir impactos da pandemia para as atividades de bares e restaurantes de Manaus