Em vídeo, Sérgio Cabral diz que Dias Toffoli ‘busca vantagens indevidas’

O depoimento do ex-governador do Rio, Sergio Cabral foi gravado em setembro de 2020 e trata do período em que Toffoli foi presidente do Tribunal Superior Eleitoral

Manaus | AM

O ex-governador Sergio Cabral acusou, por meio de vídeo, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, de ter recebido dinheiro para vender sentenças e favorecer dois prefeitos de cidades do Rio de Janeiro, quando ele atuava no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), entre 2014 e 2016.

De acordo com o site ‘R7’, que teve acesso ao vídeo, Cabral afirma que Toffoli lidera um grupo de pessoas “para busca de vantagens indevidas”, e que foi testemunha do que relatou pois participou diretamente das ações.

“Tive a informação da prefeita Branca Motta, do município do Bom Jesus do Itabapoana (…). A prefeita Branca Motta é uma aliada minha durante os últimos 20 anos. Ela me relatou, em 2014, que tinha sofrido uma derrota no TRE (Tribunal Regional Eleitoral do Rio) e estava recorrendo para não ser cassada no TSE”, relatou o ex-governador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Terra nega ‘gabinete paralelo’ e diz que STF ‘limitou’ Bolsonaro; senadores reagem

Capitão Carpê propõe PL que autoriza Guarda Municipal a fazer patrulhamento preventivo

Projeto de Lei prevê garantia de vagas a PCDs em cargos comissionados