Defensoria Pública lança processo seletivo para estágio em Manicoré

Manaus-AM-  A Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) lançou, nesta segunda-feira (7/6), edital para estágio de alunos da graduação, sem limitação de área, para o Polo do Médio Madeira, com sede no município de Manicoré, a 330 quilômetros de Manaus. As inscrições começam hoje e encerram às 23h59 da próxima quinta-feira (10/6).

O estágio compreende o exercício transitório de funções auxiliares, com bolsa-auxílio mensal no valor de R$ 879,00, auxílio-transporte de R$ 167,20 (sempre que o trabalho seja presencial), além de seguro contra acidentes pessoais, nos termos da Lei nº 11.788/2008.

A jornada de atividades será de 20 horas semanais, a ser exercida na sede do polo ou remotamente no período das 8h ao meio-dia. O estágio terá duração de um ano, podendo ser prorrogado por igual período.

O processo seletivo oferta cinco vagas para estudantes, sendo uma vaga do certame reservada para negros (pretos ou pardos), indígenas ou quilombolas, o que equivale a 30% das vagas.

Inscrição – Para realizar a inscrição, os candidatos devem enviar para o endereço eletrônico mediomadeira.civel@defensoria.am.gov.br as seguintes documentações: currículo (com telefone para contato e e-mail); histórico escolar da faculdade; nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) com nota da redação; cópias do RG, CPF e de comprovante de residência.

O certame contará com as seguintes etapas de avaliação: pré-seleção, onde será realizada a avaliação dos documentos (11 a 14 de junho), entrevistas virtuais (16 e 17 de junho), entrevista com a comissão de heteroidentificação do candidato cotista (21 de junho – data sujeita a modificação).

O resultado do processo seletivo será divulgado no dia 23 junho.

 

*Com informações da assessoria de comunicação

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Terra nega ‘gabinete paralelo’ e diz que STF ‘limitou’ Bolsonaro; senadores reagem

Capitão Carpê propõe PL que autoriza Guarda Municipal a fazer patrulhamento preventivo

Projeto de Lei prevê garantia de vagas a PCDs em cargos comissionados