CPI da Covid tem objetivo de desgastar governadores onde há interesse de senadores e deputados no cargo, diz senador Mecias de Jesus

Manaus – AM – Após as notícias de que o ex-senador do Movimento Democrático Brasileiro (MDB) por Roraima, Romero Jucá, deverá atuar como “consultor informal” do senador Renan Calheiros (MDB-AL), escolhido para relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19, o senador por Roraima Mecias de Jesus (Republicanos) declarou que esta será a “CPI mais política que o Brasil já teve”.

Mecias, que derrotou Jucá na última eleição, avaliou ainda que a CPI tem fins bem específicos, nenhum deles seria efetivamente de apurar responsabilidades de políticos na maior crise sanitária que o mundo já enfrentou.

De acordo com ele, são objetivos como, desgastar a imagem do presidente Bolsonaro e desgastar governadores em estados aonde, segundo ele, existe interesses de senadores e deputados federais na eleição para o executivo estadual em 2022.

“Ela tem um fim específico de desgastar o presidente Bolsonaro, criar notícias falsas para a imprensa, e também desgastar governadores onde, há interesse de alguns deputados ou senadores de derrotar governadores que estão no cargo.”, afirmou.

Romero Jucá vai atuar como ‘consultor’ de Renan Calheiros na CPI da Covid

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ministério da Economia publica regra que permite elevar salários de Bolsonaro e Mourão

Wilson Lima entrega 3 toneladas de alimentos na Zona Sul de Manaus

Aproximação de Dermilson Chagas e Eduardo Braga fica explícito nas redes sociais