Contrariando ‘previsões’ de Josué Neto, Polo Urucu recebe quase 30 propostas de compra

No dia 27 de julho, Josué Neto chegou a dizer que "o Amazonas não tem a lei atrativa para receber empresas aqui"

Manaus | AM

De acordo com nota publicada na revista ‘Veja’, a Petrobras recebeu quase “30 propostas – a maioria de investidores estrangeiros – de compra de Polo Urucu, no Amazonas”, contrariando assim, as ‘previsões’ do presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALEAM), deputado Josué Neto.

No dia 27 de julho, durante discurso na tribunal da ALEAM, Josué Neto chegou a dizer que “a qualquer momento será lançado edital da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), e o Amazonas não tem a lei atrativa para receber empresas aqui”.

Porém, a nota da ‘Veja’ apresenta um cenário completamente diferente. Além disso, a publicação ressalta que, ao todo, o Polo Urucu é composto por “sete campos, que produzem 16 mil barris por dia de óleo e 14 milhões de metros cúbicos por dia de gás natural”.

Nota publicada na revista ‘Veja’ (Imagem: Reprodução)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com supostos traços de ilegalidade, nomeação e posse de aprovados em concurso do MP-AM estão suspensas

Senado acredita que Bolsonaro deverá indicar novo ministro do STF em 15 de outubro

TRE-AM recebe os EPIs para as Eleições 2020