CDC/ALEAM exige das operadoras plano de expansão para o interior do Amazonas

A reunião da CDC/ALEAM contou com a participação de representantes de órgãos de defesa do consumidor do Estado, de dez municípios amazonenses e das empresas Vivo, Oi, Tim e Claro/Embratel

Manaus | AM

Em audiência pública híbrida, a Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Amazonas (CDC/ALEAM) exigiu das operadoras de telefonia a apresentação de um plano de expansão para o interior do Amazonas. A reunião, realizada na tarde desta sexta-feira (23), no plenário Ruy Araújo, contou com a participação de representantes de órgãos de defesa do consumidor do Estado, de dez municípios amazonenses e das empresas Vivo, Oi, Tim e Claro/Embratel.

Motivada pelas inúmeras reclamações e denúncias de moradores e representantes de municípios do interior do Amazonas, a audiência ‘deu voz’ a vereadores e autoridades das cidades de Parintins, Itacoatiara, Barcelos, Tefé, Manicoré, Presidente Figueiredo, Carauari, Coari, Rio Preto da Eva e Maraã.

Na oportunidade, o presidente da CDC/ALEAM, deputado João Luiz, cobrou, ainda, o cumprimento da Lei n. 5.377, em vigência desde o dia 6 de abril, que obriga as operadoras de serviços de telefonia fixa e móvel e as operadoras de TV por assinatura a manterem estabelecimento físico nas regiões do Estado do Amazonas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Câmara dos Deputados aprova Marco Legal das startups

Projeto cria novo auxílio de R$ 500 e prevê tributação sobre dividendos

Vereador propõe tarifa social de água para vítimas da enchente em Manaus