Caio Coppolla diz que pode ser preso após ter pedido impeachment de ministro do STF

Manaus | AM

Nesta quinta-feira (25), o comentarista da CNN, Caio Coppolla, publicou um vídeo em seu canal do YouTube, no qual ele revela que está sendo alvo de censura, que pode ser investigado pela polícia federal e chegar a ser preso por conta dele circular um abaixo-assinado que pede o andamento no processo de impeachment do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes.

Caio chega a mencionar um jornal de circulação nacional chegou a atribuir a ele crimes contra a lei de Segurança Nacional. “Estou sob risco iminente de censura, investigação e prisão, por ter organizado o “Abaixo-Assinado pela Análise do Pedido de Impeachment contra o Ministro Alexandre de Moraes” do STF, que já conta com 2.643.129 assinaturas. A matéria da Folha de São Paulo intitulada,“Juristas e advogados defendem Alexandre de Moraes contra ataques de Caio Coppolla, da CNN” imputa crimes à minha conduta, usando, como pretexto para isso, citações de uma manifestação criminosa“, disse o comentarista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bolsonaro cobra pedidos de impeachment de ministros do STF a senador Jorge Kajuru

Vereador Caio André cobra reabertura do CSU do Parque 10

Internautas chamam a atenção de deputado Dermilson Chagas em rede social