Braga Netto nega ter participado da minuta na casa de Torres

PAÍS |

O general Walter Braga Netto, ex-ministro da Casa Civil, respondeu aos rumores de que teria participado da elaboração da minuta que visava decretar Estado de Defesa no Brasil, impedindo a posse do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). De acordo com o militar, trata-se de “pura especulação”.

– Nunca aconteceu. Basta olhar todos que teriam que participar. Pura especulação – declarou em entrevista ao colunista Paulo Cappelli, do portal Metrópoles.

O documento foi encontrado na casa do ex-ministro da Justiça Anderson Torres durante buscas realizadas pela Polícia Federal (PF). A minuta foi incluída nos autos da investigação contra o presidente Jair Bolsonaro (PL) pelos atos do dia 8 de Janeiro.

Torres está preso por suspeita de omissão diante da invasão às sedes dos Três Poderes. Ele depôs na última quarta-feira (18) à Polícia Federal, no 4º Batalhão, no Guará II.

 

Com informações do Pleno News*

Foto: Isac Nóbrega/PR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nós usamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site.