MPAM e DPE recomendam suspensão do ENEM em Parintins, Nhamundá e Barreirinha

Manaus | AM

O Ministério Público do Amazonas (MPAM) e Defensoria Pública do Estado (DPE) expediram, nesta quarta-feira (13), Recomendação Conjunta, destinada às Prefeituras de Parintins, Nhamundá e Barreirinha para que determinem a suspensão da aplicação da prova do ENEM, impedindo a sua realização, prevista para os dias 17 e 24 de janeiro de 2021.

No documento, as duas instituições levam em consideração os altos números de infectados pelo novo coronavírus e que, naquela região do baixo rio Amazonas, a cidade de Parintins é a que recebe os pacientes de média gravidade; que o decreto estadual 43.277, de 12 de janeiro de 2021, interrompeu o transporte fluvial, sem o qual milhares de estudantes inscritos nas localidades ribeirinhas ficarão impossibilitados de irem até as cidades para prestarem o exame.

A Recomendação cita ainda que as autoridades devem informar, num prazo de 24 horas, se as medidas recomendadas serão acatadas. E que a publicidade dessas medidas seja feita de todas as maneiras possíveis para o conhecimento da população.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Em depoimento tenso, Wagner Rosário nega omissão da CGU no caso Covaxin

Saullo Vianna vai denunciar pane mecânica em avião da Voepass à Anac

Vídeo de filho de Bolsonaro representa ameaça à CPI da Pandemia, acusam senadores