​Escola de Contas do TCE abre inscrições para formação de Agentes do Controle Social

Manaus-AM-  A Escola de Contas Públicas (ECP) do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) abriu o processo de inscrições para o curso “Formação de Agentes do Controle Social – Profac”. O curso será realizado de forma virtual, sendo disponibilizadas, no total, 210 vagas para todo o estado do Amazonas.

O edital completo foi publicado no Diário Oficial Eletrônico (DOE) do TCE-AM nesta quarta-feira (12).A primeira etapa do curso se inicia já no próximo dia 31 de maio. O programa é voltado para o público envolvido no controle social, capacitando e formando agentes de controle com base nas leis de diretrizes orçamentárias e de orçamentos públicos.

Os objetivos gerais do Profac giram em torno do diálogo na formação dos agentes de fiscalização, incentivando para que os órgãos e entidades públicas possam promover ações integradas para o pleno exercício da cidadania e do respeito ao erário.

O curso terá uma carga horária total de 192 horas e será dividido em três etapas. Existirão aulas onlines e atividades complementares assíncronas.

Para participar do curso é necessário ter, no mínimo, 18 anos completos e formação no ensino fundamental. Serão priorizados alunos que pertençam a órgãos de controle social ou que estejam envolvidos na mobilização social, bem como que tenham disponibilidade para se dedicar ao curso durante os três meses. Não será permitido alunos que já tenham cursado o Profac em edições anteriores.

As inscrições estão sendo realizadas no site ecp.tce.am.gov.br, na opção Profac, ou por meio do link.
A lista dos candidatos com inscrições deferidas será publicada no Diário Oficial Eletrônico do TCE-AM até o dia 25 de maio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Terra nega ‘gabinete paralelo’ e diz que STF ‘limitou’ Bolsonaro; senadores reagem

Capitão Carpê propõe PL que autoriza Guarda Municipal a fazer patrulhamento preventivo

Projeto de Lei prevê garantia de vagas a PCDs em cargos comissionados