Uber lançará serviço para trabalhos temporários, de garçom a segurança

NEGÓCIOS | A gigante de tecnologia prepara o Uber Works, que fornece candidatos para trabalhos temporários às empresas. No começo, serão 1.099 vagas

21/10/2018 20:12

Comunicar Erro

EXAME | A gigante de tecnologia Uber começou há quase dez anos, colocando-se como um aplicativo de mobilidade urbana. Mas, agora, o negócio parece estar olhando para uma parte mais lucrativa de sua cadeia: a geração de empregos.

Após testes bem-sucedidos na cidade americana de Los Angeles, Uber estaria trabalhando “há vários meses” desenvolvendo uma vertical de contratações sob demanda para diversos trabalhos temporário em eventos e empresas, chamada Uber Works. O desenvolvimento está sendo feito na também americana Chicago, como forma de manter o projeto londe dos holofotes do famoso Vale do Silício, sede da Uber.

Garçons e seguranças estão na lista de vagas, que começariam com 1.099 contratos independentes. A princípio esses serviços, muitos deles noturnos ou de final de semana, poderiam ser oferecidos aos próprios motoristas independentes que já trabalham para a Uber. A notícia foi reportada primeiro pelo Financial Times, que cita fontes “conhecedoras do assunto.”

Oportunidades e desafios

O Uber Works seria mais uma expansão de negócios para a gigante de tecnologia. Além do aplicativo para transporte de passageiros, a Uber já possui serviços de delivery de comida (Uber Eats), de despacho de cargas (Uber Freight) e de bicicletas e scooters elétricas (pela aquisição da Jump).

Em uma vaga para gerente geral de projetos especiais em Chicago, suposta sede do Uber Works, a gigante de tecnologia afirma que seu negócio “é baseado em prover uma oferta flexível e sob demanda para os parceiros de negócios.”

O posicionamento de diversificação e de serviço não só de mobilidade urbana, mas de “serviços de negócio para negócio”, é para agradar investidores e futuros investidores. a Uber prepara uma oferta inicial pública de ações, ou IPO, para o ano que vem. O negócio pode estar avaliado em 120 bilhões de dólares com IPO, muito acima do valuation de 76 bilhões de dólares visto em sua última captação de investimentos.