Fecomércio reúne empresários e autoridades do Amazonas em palestra sobre negócios sustentáveis

O evento, promovido pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amazonas (Fecomércio-AM), contou com a participação do Superintendente da Suframa, general Algacir Polsin, e do gestor do CBA, Fábio Calderaro

Manaus | AM | Com informações da assessoria de imprensa

Nesta sexta-feira (26), a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amazonas (Fecomércio-AM) promoveu um encontro entre empresários e autoridades do Amazonas durante a palestra ‘Desenvolvimento Sustentável e Oportunidades de Negócios na Área de Abrangência da Suframa’, ministrada pelo general Algacir Polsin, superintendente da autarquia. O evento ocorreu no auditório da Fecomércio-AM, no bairro Adrianópolis, Zona Centro-Sul de Manaus.

Entre os assuntos abordados, estiveram em pauta temas como prospecção de investimentos, expectativa de geração de novos postos de trabalho para o Polo Industrial de Manaus (PIM), incentivos fiscais, biotecnologia, desafios e potencialidades regionais da Amazônia.

“A palestra visou mostrar aos empresários do setor do comércio a política atual da Suframa, quais são as ações que nós estamos realizando, principalmente relacionadas ao desenvolvimento regional. Mas também nós buscamos, neste contato com o comércio, quais são as ações realizadas nesta direção, quais os indicadores atuais do comércio. Esperamos estar cada vez mais próximos do comércio, esse setor grande e que também foi muito prejudicado nesse período de pandemia”, comentou o superintendente da autarquia.

Segundo o general, os próximos passos da Suframa com relação ao setor do comércio é a implementação de um sistema que possa integrar dados e informações, a exemplo do que já ocorre entre a Suframa e a Junta Comercial do Amazonas (Jucea), por meio de um Acordo de Cooperação Técnica assinado pelos órgãos no último dia 12 de novembro. A expectativa é facilitar a vida do empresário e melhorar o ambiente de negócios na região.

“O comércio começa a ser reconhecido pelos órgãos de desenvolvimento da Suframa, que tem um papel especial no desenvolvimento. O comércio até então ainda não era bem percebido e agora está sendo percebido, observado, porque esse setor é o que mais emprega no Estado do Amazonas, é o que mais arrecada tributos para os cofres do governo e tem uma missão importante que é a de atender a população. Então isso tem que ser valorizado”, comentou o presidente da Fecomércio-AM, Aderson Frota.

Evento

A palestra contou com a presença de empresários e autoridades do Estado do Amazonas, entre eles o Secretário de Estado de Produção Rural (Sepror), Petrúcio Magalhães, o Secretário Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), Rady Júnior, e o vereador William Alemão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nós usamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site.