Fecomércio reúne empresários e autoridades do Amazonas em palestra sobre negócios sustentáveis

O evento, promovido pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amazonas (Fecomércio-AM), contou com a participação do Superintendente da Suframa, general Algacir Polsin, e do gestor do CBA, Fábio Calderaro

Manaus | AM | Com informações da assessoria de imprensa

Nesta sexta-feira (26), a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amazonas (Fecomércio-AM) promoveu um encontro entre empresários e autoridades do Amazonas durante a palestra ‘Desenvolvimento Sustentável e Oportunidades de Negócios na Área de Abrangência da Suframa’, ministrada pelo general Algacir Polsin, superintendente da autarquia. O evento ocorreu no auditório da Fecomércio-AM, no bairro Adrianópolis, Zona Centro-Sul de Manaus.

Entre os assuntos abordados, estiveram em pauta temas como prospecção de investimentos, expectativa de geração de novos postos de trabalho para o Polo Industrial de Manaus (PIM), incentivos fiscais, biotecnologia, desafios e potencialidades regionais da Amazônia.

“A palestra visou mostrar aos empresários do setor do comércio a política atual da Suframa, quais são as ações que nós estamos realizando, principalmente relacionadas ao desenvolvimento regional. Mas também nós buscamos, neste contato com o comércio, quais são as ações realizadas nesta direção, quais os indicadores atuais do comércio. Esperamos estar cada vez mais próximos do comércio, esse setor grande e que também foi muito prejudicado nesse período de pandemia”, comentou o superintendente da autarquia.

Segundo o general, os próximos passos da Suframa com relação ao setor do comércio é a implementação de um sistema que possa integrar dados e informações, a exemplo do que já ocorre entre a Suframa e a Junta Comercial do Amazonas (Jucea), por meio de um Acordo de Cooperação Técnica assinado pelos órgãos no último dia 12 de novembro. A expectativa é facilitar a vida do empresário e melhorar o ambiente de negócios na região.

“O comércio começa a ser reconhecido pelos órgãos de desenvolvimento da Suframa, que tem um papel especial no desenvolvimento. O comércio até então ainda não era bem percebido e agora está sendo percebido, observado, porque esse setor é o que mais emprega no Estado do Amazonas, é o que mais arrecada tributos para os cofres do governo e tem uma missão importante que é a de atender a população. Então isso tem que ser valorizado”, comentou o presidente da Fecomércio-AM, Aderson Frota.

Evento

A palestra contou com a presença de empresários e autoridades do Estado do Amazonas, entre eles o Secretário de Estado de Produção Rural (Sepror), Petrúcio Magalhães, o Secretário Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), Rady Júnior, e o vereador William Alemão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Wilson Lima e David Almeida inauguram Centro de Testagem da Covid-19, com capacidade para atender 10 mil pessoas ao dia

'As pessoas torcem para todo mundo se lascar', diz Omar Aziz ao ser questionado sobre polêmica envolvendo suplente de Nejmi

Negado pedido de suspensão da pena de ex-deputado condenado por desvios na Assembleia Legislativa do Amapá

Nós usamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site.