CAS realiza 301ª Reunião Ordinária em Boa Vista

A reunião do CAS, em Boa Vista, é presidida pelo secretário especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos Alexandre da Costa

Manaus | AM | Com informações da assessoria de imprensa

O Conselho de Administração da Superintendência da Zona Franca de Manaus (CAS) promove nesta sexta-feira (3), no auditório do Fórum Advogado Sobral Pinto, na Praça do Centro Cívico, em Boa Vista (RR), a sua 301ª Reunião Ordinária, com o objetivo de avaliar uma pauta com 20 projetos industriais e de serviços e dois projetos agropecuários. Juntos, os projetos somam investimentos da ordem de R$ 1,7 bilhão e preveem a geração de 832 postos de trabalho.

A reunião é presidida pelo secretário especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos Alexandre da Costa, e conta com a participação do superintendente da Suframa, Algacir Polsin; do governador de Roraima, Antonio Denarium; do governador de Rondônia, Marcos Rocha; e de demais autoridades e personalidades ligadas à classe política e econômica da região Amazônica.

O encontro do CAS sediado na capital de Roraima faz parte da retomada do calendário de reuniões itinerantes nos Estados que fazem parte da área de atuação da Autarquia. A retomada ocorreu na reunião anterior, a 300ª do CAS, ocorrida em Porto Velho-RO, no dia 21 de outubro. Antes, o último evento itinerante havia sido a 285ª Reunião Ordinária, também em Porto Velho, em outubro de 2018. Em Boa Vista, o último encontro do Conselho (280ª reunião) aconteceu em 10 de agosto de 2017.

Pauta

Entre os projetos de implantação, destaca-se o da Agroindustrial Serra Verde, que investirá R$ 55,3 milhões para produzir óleos vegetais em geral (graxos) na Área de Livre Comércio de Boa Vista-RR. Outro projeto agroindustrial constante na pauta e voltado para o aproveitamento de matérias-primas regionais é o da Sabores Vegetais do Brasil, que busca se instalar no Distrito Agropecuário da Suframa (DAS) para trabalhar com as culturas do açaí e do guaraná, com investimentos previstos de R$ 2,1 milhões. Outro destaque é a proposta de instalação da SX Led Lighting Comércio e Serviços para a produção de luminária com fonte de luz em estado sólido, com investimentos de R$ 11 milhões.

Entre os projetos de atualização, o destaque é o da Samsung Eletrônica da Amazônia, que prevê investir R$ 726 milhões para a produção de microcomputador portátil, sem teclado físico, com tela sensível ao toque (“touch screen”) – “tablet PC”. Outros destaques entre as proposições de atualização são dois projetos da Tec Toy. O primeiro visa à produção de terminal de captura de dados (transações comerciais) e também de telefone celular digital combinado ou não com outras tecnologias. Já o segundo projeto, de diversificação, está direcionado à produção de tablets. Somados, os projetos estimam a geração de 270 postos de trabalho e investimentos de R$ 333 milhões.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ICMS permanecerá congelado no Amazonas, afirma Wilson Lima

Randolfe elogia decisão de Lewandowski para MP garantir vacinação infantil

Ministro Lewandowski pede informações sobre possíveis irregularidades na vacinação de crianças e adolescentes

Nós usamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site.