Amazon registra lucro recorde no 3º trimestre, mas vendas decepcionam

NEGÓCIOS | As vendas, no entanto, ficaram dentro das estimativas, já que a empresa estimava receita entre US$ 54 bilhões e US$ 57,5 bilhões.

25/10/2018 13:45

Comunicar Erro

ISTOÉ | A Amazon apresentou lucro líquido recorde de US$ 2,883 bilhões no terceiro trimestre deste ano, o equivalente a US$ 5,75 por ação. Com isso, a companhia registrou forte avanço em relação ao ganho de US$ 256 milhões do mesmo período do ano anterior e viu seu lucro mais que dobrar, ultrapassando a marca de US$ 2 bilhões pela segunda vez em sua história. Os resultados também vieram bastante acima do esperado por analistas consultados pela FactSet, que previam lucro de US$ 3,08 por ação.

As vendas líquidas, por sua vez, aumentaram 29% em relação ao terceiro trimestre de 2017, para US$ 56,576 bilhões, enquanto no período entre julho e setembro do ano passado a Amazon registrou vendas de US$ 43,744 bilhões. Analistas ouvidos pela FactSet esperavam vendas de US$ 57,11 bilhões. Excluindo o impacto favorável de US$ 260 milhões nas taxas de câmbio ao longo do trimestre, as vendas líquidas aumentaram 30% na comparação anual do terceiro trimestre.

O lucro da Amazon também superou a projeção da própria empresa, que, em julho, previa ganho entre US$ 1,4 bilhão e US$ 2,4 bilhões. As vendas, no entanto, ficaram dentro das estimativas, já que a empresa estimava receita entre US$ 54 bilhões e US$ 57,5 bilhões. Para o próximo trimestre, a companhia prevê que o lucro operacional ficará entre US$ 2,1 bilhões e US$ 3,6 bilhões. Já as vendas devem oscilar entre US$ 66,5 bilhões e US$ 72,5 bilhões.

Com a decepção nas vendas, a Amazon viu suas ações recuarem fortemente no after hours em Nova York, apesar do lucro recorde e acima do esperado. Às 18h10 (de Brasília), os papéis da Amazon recuavam 8,91%, para US$ 1.687,00.