‘Vou procurar me inteirar para entender o envolvimento do meu nome nessa acusação’, diz Saullo Vianna

A operação investiga possíveis práticas de fraude a licitação, desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro em contrato de fornecimento de transporte escolar junto à Prefeitura de Presidente Figueiredo

Manaus | AM

Depois de ser alvo da operação ‘Ponta de Parada’, deflagrada pela Polícia Federal (PF), nesta segunda-feira (23), 0 deputado estadual Saullo Vianna se manifestou por meio de sua conta no Instagram.

De acordo com o parlamentar, ele irá procurar se inteirar dos autos para entender o envolvimento do seu nome na acusação, para que possa transmitir “as informações necessárias e de forma transparente, como sempre faço, para a sociedade”. ⠀

“Manifesto que estou à disposição das autoridades para colaborar no trabalho de investigação sobre as denúncias relacionadas a licitações em Presidente Figueiredo, em 2017. Meu trabalho como parlamentar desde 2019, quando assumi o cargo, inclusive, é fiscalizar a aplicação de recursos públicos e sou muito cioso com essa função”, disse ele.

Os objetos investigados são fatos relacionados a possíveis práticas dos crimes de fraude a licitação, desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro em contrato de fornecimento de transporte escolar junto à Prefeitura de Presidente Figueiredo (AM).

Operação ‘Ponto de Parada’ investiga Saullo Vianna por desvio de recursos público em Presidente Figueiredo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Furar fila da vacinação pode ser considerado crime e acarretar em prisão

Secretária municipal de Saúde, Shadia Fraxe, é vacinada contra a Covid-19

Sabá Reis, secretário da Semulsp, recebe vacina contra a Covid-19 em Manaus