Vereadores de Beruri são investigados pelo MP-AM por peculato e prevaricação

De acordo com o Diário de Justiça Eletrônico do MP-AM, o procedimento investigatório está sendo realizado pela promotora Jussara Pordeus

Manaus | AM

Vereadores do município de Beruri estão sendo investigados pelo Ministério Público do Amazonas (MP-AM) pelos crimes de peculato e prevaricação. De acordo com o Diário de Justiça Eletrônico do MP-AM, o procedimento investigatório está sendo realizado pela Promotoria  de Justiça da Comarca de Beruri, por meio da promotora Jussara Pordeus.

A equipe de reportagem do site O PODER entrou em contato com a assessoria de imprensa do MP-AM, mas até o fim desta edição não havia respostas sobre quantos vereadores estão sendo investigados.

Prevaricação

Conforme o Código Penal (CP), prevaricação é retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa de lei, para satisfazer interesse ou sentimento pessoal.

O peculato é apropriar-se o funcionário público de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que tem a posse em razão do cargo, ou desviá-lo, em proveito próprio ou alheio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tony Medeiros assume presidência da Comissão de Turismo na ALEAM

MP-AM quer retorno seguro às aulas no município de Manaquiri

Governo do AM divulga lista de membros do Conselho Curador da UEA