Sessão extra para conceder título ao Ministro do Turismo é cancelada na Aleam por falta de quórum

Manaus – AM – A sessão extraordinária na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) para votação e concessão do título de cidadão amazonense ao ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, acabou sendo encerrada por falta de quórum, na manhã desta sexta-feira (23). A proposta para entrega do título partiu do deputado Saullo Viana (PTB).

Seria necessário número mínimo de 13 deputados para a votação, mas apenas 12 compareceram. Gilson Machado Neto integrava a comitiva do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido).

Na manhã desta sexta-feira, o presidente participou da entrega da segunda etapa do Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques, na capital, e também recebeu o título de Cidadão do Amazonas.

Jair Bolsonaro recebendo o Título de Cidadão do Amazonas (Imagem: Divulgação)

Cidadão Amazonense

Por meio da Resolução Legislativa nº 71, de 10 de dezembro de 1977, ficou decidido que para a concessão de títulos honoríficos de cidadania é exigida a prestação de relevantes serviços, em qualquer campo de atividades, ao povo e ao Estado. O homenageado também deve possuir caráter escorreito e conduta ilibada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ministério da Economia publica regra que permite elevar salários de Bolsonaro e Mourão

Wilson Lima entrega 3 toneladas de alimentos na Zona Sul de Manaus

Aproximação de Dermilson Chagas e Eduardo Braga fica explícito nas redes sociais