Senador do PSDB defende desistência de Doria: ‘Espero que essa decisão traga a sigla de volta aos trilhos’

Ele diz que as disputas internas levaram a prejuízos para todos os membros do partido, não só para os dirigentes

Brasília|DF

Para o senador Plínio Valério (PSDB-AM) a saída do ex-governador João Dória da disputa presidencial resolve o problema da fratura interna exposta do PSDB, mas não enxerga muitas saídas para o partido no xadrez eleitoral de outubro. Ele diz que as disputas internas levaram a prejuízos para todos os membros do partido, não só para os dirigentes. E essa sangria tem que parar.

“Espero que, com essa decisão de Dória, o PSDB possa enfim, voltar aos trilhos. Foi muito tempo de ferida exposta, que expôs o Partido como um todo, e não apenas seus dirigentes . Com a saída do Doria, eu espero pelo menos que a sangria exposta, que a ferida exposta pelo PSDB, discutindo externamente, tenha acabado. Acho que tem que parar essa sangria”, cobrou o senador.

Plínio, entretanto, não acredita na candidatura própria com o ex-governador gaúcho Eduardo Leite nem no apoio à emedebista Simone Tebet, por provocar desarranjos regionais.

“E eu não vejo como agora a gente apresentar a candidatura própria, isso já foi descartado. Então, a história do Eduardo Leite também já não procede mais. Agora me parece que o PSDB vai ter que apoiar a Simone, isso é um problema, muito problema regional”, avaliou Plínio Valério.

Foto: Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Braga e Ramos comemoram derrubada de vetos presidenciais às leis Paulo Gustavo e Aldir Blanc

Bruno Gagliasso compra 20 toalhas com rosto de Lula para presentear amigos

Vereador Gabriel Monteiro vira réu por assédio sexual

Nós usamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site.