Rodrigo Guedes pede que Prefeitura de Manaus cancele processo de contratação de profissionais da Saúde por falha no sistema

De acordo com Guedes, em uma publicação feita em suas redes sociais, o site utilizado para fazer a inscrição dos interessados nas vagas estava fora do ar desde meia-noite

Manaus | AM

O vereador Rodrigo Guedes (PSC) pediu para que a Prefeitura de Manaus cancele o processo de contratação temporária de profissionais da saúde, que começou nesta terça-feira (18), por falha no sistema de inscrição.

De acordo com Guedes, em uma publicação feita em suas redes sociais, o site utilizado para fazer a inscrição dos interessados nas vagas estava fora do ar desde meia-noite. “São 3h30 da manhã e o site está fora do ar. Denúncias apontam que o site está fora até mesmo antes das 0h”.

O parlamentar questionou como garantir a isonomia com “esse critério de classificação se ninguém sabe quando o site vai voltar ao ar”. “É revoltante submeter as pessoas que estão em busca de oportunidade a isso. As pessoas vão ter que virar a noite esperando? Cancelem isso!”.

Guedes pediu, ainda, que seja remarcada uma nova data e que a Prefeitura de Manaus arrumasse o site. “Como que com toda a estrutura não tem capacidade tecnológica para proporcionar um sistema de qualidade para os seus cidadãos? Vergonha! Inacreditável!”, finalizou.

Prefeitura de Manaus anuncia contratação emergencial de profissionais de saúde

Executivo

Diante do aumento do número de casos de Covid-19 em todo o Brasil, a Prefeitura de Manaus decidiu ampliar o número de profissionais de saúde para atender a população na rede de saúde pública da cidade.

Por meio de um edital publicado no último sábado (15), a prefeitura se antecipa para fortalecer o trabalho de enfrentamento à Covid-19 com a contratação de 436 profissionais, entre médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem e fisioterapeutas.

O reforço de pessoal na rede de saúde de Manaus foi anunciado pelo prefeito David Almeida (Avante), na última semana, como medida emergencial de suporte aos serviços de saúde, que têm registrado sobrecarga por conta dos casos suspeitos e confirmados de Covid no município e também por causa da redução do quadro de servidores resultante de afastamentos por motivo de doença.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

'Modernização do setor elétrico inclui energia mais barata', diz Ipea

Senador Mecias de Jesus defende benefício para participantes de previdência complementar

Deputados amazonenses manifestam apoio a Marcelo Ramos durante Sessão

Nós usamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site.