Congresso promulga Pec Emergencial, que viabiliza retomada do auxílio emergencial

Manaus | AM

Na manhã desta segunda-feira (15), os presidentes Arthur Lira (PP) da Câmara e Rodrigo Pacheco (DEM) do Senado, assinaram a Pec Emergencial, que trata sobre a volta do auxílio emergencial do Governo e também cria ferramentas para conter as despesas de União, Estados e municípios.

A sessão solene foi presidida pelo presidente do Congresso Nacional, senador Rodrigo Pacheco. O evento foi realizado na modalidade semipresencial. Também contou com a presença do vice-presidente da Câmara, deputado Marcelo Ramos.

Emendas à Constituição são promulgadas pela mesa diretora do Congresso em sessão conjunta e não precisam da sanção do presidente da República.

A proposta autoriza o governo a gastar R$ 44 bilhões em uma nova versão do auxílio emergencial pago em 2020 para trabalhadores vulneráveis atingidos pelo dano da pandemia sobre a economia.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tony Medeiros assume presidência da Comissão de Turismo na ALEAM

MP-AM quer retorno seguro às aulas no município de Manaquiri

Governo do AM divulga lista de membros do Conselho Curador da UEA