‘Pazuello estava ciente da crise de oxigênio no AM, e preferiu mandar a Capitã Cloroquina’, diz Serafim

Manaus-AM-  O deputado estadual Serafim Corrêa (PSB) falou na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) na manhã desta quarta-feira (9), sobre a reportagem que saiu na Folha de São Paulo, onde o ex-ministro Eduardo Pazuello ignorou os pedidos, por ofício, do governador do Amazonas, Wilson Lima cinco dias antes da crise de oxigênio no Estado.

“Pazuello estava ciente da crise de oxigênio no Amazonas. A verdade não veio a luz. O ex-ministro Pazuello procurou tirar sua responsabilidade e procurou colocar no Estado. Hoje a Folha de São Paulo traz uma novidade que me assusta. O Estado pedindo socorro ao ministro Pazuello, e isso é muito claro, que Pazuello sabia da crise e preferiu mandar a ‘Capitã Cloroquina’ do que tomar as providências.”, disse o parlamentar.

Serafim destacou que as providências durante a segunda onda de Covid-19 era transportar cilindros de oxigênio para o Amazonas e teria evitado a morte de tanta gente no Estado.

“Torço que as investigações da Polícia Federal avancem, não estou acusando e nem inocentando alguém. Essa novidade precisa ser investigada e apurada. O Amazonas precisa saber quem são os responsáveis por quem abateu nosso povo. Centenas de famílias ainda estão traumatizadas.”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rede aciona STF para que Bolsonaro apresente provas de fraudes eleitorais

Rosa Weber suspende convocação de governadores para a CPI da Pandemia

Desembargador e juiz do TJAM visitam Eduardo Braga e Roberto Cidade