Em clima de ‘retrospectiva’ e sem falar sobre investigação de R$ 9,5 milhões, Josué Neto deixa presidência da ALEAM

O deputado Josué Neto, em breve, deve deixar o cargo de deputado estadual para assumir cargo de conselheiro, que era de seu pai, no Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM)

Manaus | AM

Em clima de ‘retrospectiva’, o deputado estadual Josué Neto usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALEAM) para se despedir do cargo de presidente da Casa Legislativa. A sessão, que foi transmitida on-line nesta segunda-feira (1o), ocorreu de forma híbrida, parte presencial e parte via internet.

De acordo com Neto, a ALEAM sempre buscou a aproximação com a sociedade e não teve apenas acertos, mas sim, “muitos acertos”. “Mas também tivemos erros, o que é inerente a condição humana”. Ele disse, ainda, que o acertos terão continuidade com o novo presidente da Casa, o deputado Roberto Cidade.

Mesmo diante da pandemia causada pelo novo coronavírus e possível crise econômica que assola o País, a ALEAM possui em caixa mais de R$ 35 milhões, de acordo com Neto. Ainda segundo ele, foram gastos, recentemente, R$ 550 mil na sanitização dos setores, remédios, fisioterapias e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

Porém, na oportunidade, Neto não falou sobre os R$ 9,5 milhões gastos com os empresários José Loureiro e Orlando Coimbra, donos da Criae Design e Publicidade, ato que foi alvo de investigação, em agosto de 2020, do Ministério Público do Amazonas (MP-AM).

MP inicia investigação de contrato de R$ 9,5 milhões firmado entre Josué Neto e a Criae Publicidade

No próximo mês de março, após seu pai, conselheiro Josué Filho, se aposentará do Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM), e Josué Neto assumirá seu cargo, sendo este, o primeiro caso de sucessão familiar na Corte de Contas do Amazonas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PL quer impedir que mesmo juiz seja relator de inquérito e da ação penal

Deputada Alessandra Campêlo intermedeia retorno de academias no AM

Almoço em Brasília confirma movimento de PSL em direção a Eduardo Braga