Dia da Amazônia é celebrado pela Aleam com medidas de proteção ao meio ambiente

Manaus- AM – Fonte: ALEAM – Comemorado no mesmo dia da independência do Amazonas, todo 5 de setembro, o Dia da Amazônia é uma data para celebrar a preservação da maior floresta tropical do mundo e que tem a maior biodiversidade do planeta, além de exaltar a riqueza cultural dos povos amazônidas. A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) entende a importância da floresta e do seu povo e procura direcionar esforços em busca da preservação, seja por meio de Leis ou mobilizações em sintonia com a sociedade civil organizada e demais atores sociais, como órgãos públicos e organizações não-governamentais.

Apesar de seu incalculável valor para o bioma da Terra, a Amazônia sofre ataques de grileiros, madeireiros e mineradores ilegais. A Aleam procura combater as atividades criminosas, com conscientização da sociedade realizando Audiências Públicas, nas quais são convidados  interessados no assunto para debater e encontrar saídas que preservem a fauna e flora e, ao mesmo tempo, forneçam condições socioeconômicas para que os habitantes possam atuar como guardiões da floresta.

Projetos de Lei

O Projeto de Lei (PL) nº 469 de 2019, do deputado Saullo Vianna (PTB), autoriza o Governo do Amazonas a compensar financeiramente os municípios que preservarem o meio ambiente. “Nossa proposta visa permitir, previamente, ao Poder Executivo, oferecer compensação financeira aos municípios que preservarem o meio ambiente. As autoridades municipais, por sua vez, irão repassar, por exemplo, a produtores rurais que preservarem o ambiente, os recursos advindos da compensação recebida”, esclarece.

A proposta criará uma relação de dependência: o município receberá a compensação financeira pela preservação se seus produtores rurais mantiverem o meio ambiente, o que permitirá para esses produtores, um ganho financeiro originário dessa preservação ambiental.

Bolsa Floresta

O reajuste do valor disponibilizado para cada família no Programa Bolsa Floresta é uma das bandeiras defendidas pelo deputado Belarmino Lins (Progressistas). O Bolsa Floresta é o maior programa de pagamento por Serviço Ambiental do mundo, apresentando resultados importantes de valorização da floresta em pé. São nove mil cidadãos amazônicos a serviço do programa percebendo a quantia de 50 reais. “Passados 14 anos, acreditamos ser relevante considerarmos a possibilidade de rever os termos de remuneração para manter a floresta preservada, assegurando o desmatamento zero”, afirma o parlamentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Menezes retoma viagens pelo interior do Estado por Apuí

Denúncias contra Prevent Senior foram manipuladas, diz diretor na CPI

Governo do Estado atua em duas frentes para investigar casos suspeitos de rabdomiólise no Amazonas