Desembargador Lafayette Júnior recebe Medalha Ruy Araújo, no Legislativo Estadual

A comenda, que é a mais importante do Parlamento Estadual, foi estabelecida por meio da Resolução Legislativa nº 907/2022, de iniciativa do deputado Álvaro Campelo (PV)

MANAUS | AM

O Desembargador Lafayette Carneiro Vieira Júnior, do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), recebeu outorga da Medalha Ruy Araújo, concedida pela Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam). A solenidade aconteceu nesta nesta quinta-feira (18), em sessão especial do Legislativo Estadual.

A comenda, que é a mais importante do Parlamento Estadual, foi estabelecida por meio da Resolução Legislativa nº 907/2022, de iniciativa do deputado Álvaro Campelo (PV), sendo subscrita por mais seis deputados, incluindo o presidente Roberto Cidade (União Brasil) e o deputado Serafim Corrêa (PSB), que presidiu a reunião.

Em seu pronunciamento, o desembargador Lafayette falou da emoção e gratidão pela homenagem. “Subir nessa tribuna significa que os 33 anos dedicados à magistratura não foram em vão, pelo contrário, estão sendo conduzidos com dedicação e retidão”, disse, falando das dificuldades em carregar “sonhos de justiça” em um país com tantas desigualdades sociais, que ficam ainda mais visíveis em cada comarca do interior amazonense. “Sigo sonhando com um estado cada vez mais eficiente e com um Poder Judiciário ainda mais atuante e acessível”, declarou.

O Chefe da Casa Civil, Flávio Antony Filho e a representante da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Amazonas (OAB-AM) ocuparam a tribuna do Plenário Ruy Araújo e falaram em nome dos presentes. Eles ressaltaram a dedicação do desembargador no exercício da magistratura e ratificaram o que representa a Medalha Ruy Araújo, que é o reconhecimento da Casa do Povo a uma história de vida e de trabalho dedicada ao bem servir à sociedade.

Trajetória

O Desembargador Lafayette Carneiro Júnior se formou em Direito pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e ingressou na Magistratura em 1989, por meio de concurso.

Em 1991 foi elevado à categoria de juiz de direito de 1ª entrância; no ano seguinte foi promovido para o cargo de juiz de direito de 2ª entrância. Em 2013, pelo critério de antiguidade, foi promovido ao cargo de Desembargador do TJ-AM. Também atuou em Comarcas do interior e no Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM).

Foto: Hudson Fonseca/Aleam

Com informações da Aleam*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Nós usamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site.