Comissão da Câmara e Senado reúne com órgãos para investigar violações em terras indígenas

Segundo o presidente da Comissão, o Governo Federal e o próprio senado teriam trabalhado para atrapalhar as diligências

Boa Vista | RR

Senadores e deputados federais membros da Comissão de Direitos Humanos (CDH) estão em Roraima realizando reuniões com autoridades da Polícia Federal, Ministério Público Federal (MPF) e Governo do Estado sobre a violência de garimpeiros na nas terras indígenas yanomami. As reuniões começaram às 9h30 desta quinta-feira (12), no auditório do MPF.

“Nosso principal objetivo é ouvir os órgãos para saber quais as dificuldades enfrentadas para cobrar do Governo Federal que tome providências o mais rápido possível”, disse o presidente da Comissão, senador Humberto Costa.
Além de Humberto os senadores Chico Rodrigues, Eliziane Gama e Leila Barros participaram das reuniões que contou com o deputado José Ricardo e a deputada Joênia Wapichana.

O deputado José Ricardo (PT) desembarcou no estado de Roraima na quarta-feira e participou de reuniões com lideranças indígenas yanomami: “por enquanto é importante ouvirmos todos os lados para podermos agir contra o garimpo ilegal em terra indígena”, disse.

Segundo o presidente da Comissão, o Governo Federal e o próprio senado teriam trabalhado para atrapalhar as diligências.

“A força aérea brasileira não disponibilizou nenhum tipo de suporte para visitarmos as terras indígenas. Solicitamos também do presidente do Senado que poderia ter viabilizado, mas depois de uma semana a resposta foi apenas que seria impossível”, afirma o senador Humberto.

A comissão, segundo o presidente, também pretende ouvir a investigação preliminar feita pela Polícia Federal sobre a denúncia de uma menina ianomâmi, de 12 anos, estuprada e morta por garimpeiros na comunidade Aracaçá, na Terra Yanomami.

Está previsto uma reunião com o governador do estado de Roraima, Antônio Denarium, ainda nesta quinta-feira.

Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TCE-AM multa ex-presidente da Câmara de Beruri por falta de transparência

'Modernização do setor elétrico inclui energia mais barata', diz Ipea

Senador Mecias de Jesus defende benefício para participantes de previdência complementar

Nós usamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site.